• (11) 4256-2744
  • (11) 4744-5504
  • (11) 9 4864-7725

Você sabe para que serve o sistema operacional do seu celular?

Afinal, para que serve o sistema operacional do seu celular?

O mundo vive cada vez mais conectado, sendo que os smartphones são os responsáveis pela maior parte dos acessos à internet, por isso é importante saber seu sistema operacional do seu celular.

sistema operacional do seu celular

Mas, mesmo o usando praticamente todos os dias, é provável que você não faça ideia da utilidade do sistema operacional do seu dispositivo. Isso é um erro, pois você pode estar colocando a vida útil do seu aparelho em risco por não conhecer bem as funcionalidades dele.

Quer mudar esse quadro? Então descubra de uma vez por todas a resposta para a pergunta que está no título desse artigo.

Como funciona o sistema operacional do seu celular?

 

Um sistema operacional do seu celular é basicamente o cérebro de qualquer dispositivo mobile, já que ele é o responsável por ligar as peças do celular para que elas trabalhem em conjunto, sem que uma função atrapalhe a outra.

Além disso, os aplicativos só funcionam porque existe um sistema operacional que administra tudo, permitindo que, no celular, programas rodem ao mesmo tempo e atendam às solicitações do usuário.

De forma resumida, algumas ações são vistas por você enquanto acontecem, mas muitas rodam apenas em segundo plano e não são notadas . Por exemplo, ao abrir um aplicativo, centenas de operações são lidas e executadas pelo sistema sem que você veja.

Imagine que você sentisse todos os músculos necessários se mexendo enquanto você mastiga. O mesmo raciocínio serve para entender a função do sistema operacional. Assim como você consegue se ver mastigando, mas não sente todos os processos necessários, seu celular também faz várias outras ações antes de lhe mostrar um aplicativo funcionando.

Por motivos óbvios, isso acontece porque seria um grande incômodo enxergar todos os processos necessários para se abrir um simples aplicativo.

Celulares comuns e Smartphones: Qual é a diferença?

 

Apesar de usarmos ambos os termos no cotidiano para se referir a um mesmo tipo de aparelho, há diferenças e o sistema operacional do seu celular é a principal.

Um celular comum também possui um sistema, mas ele é bem mais simples e com menos recursos do que os vistos em smartphones. Como a tecnologia tem sempre avançado, é normal que os sistemas também continuem crescendo.

Sendo assim, eles vão ficando cada vez mais robustos e pesados. Até mesmo por isso todos os anos vemos novas versões das grandes desenvolvedoras, tudo para não ficar para trás.

Para você é fundamental que o aparelho permita utilizar as principais redes sociais, ler notícias e instalar vários aplicativos e jogos, enquanto uma pessoa de uma outra geração  normalmente procura algo que possa ser usado para fazer ligações e que tenha rádio.

Versões do sistema e incompatibilidade

 

Como você já sabe, as empresas estão sempre desenvolvendo sistemas melhores, o que pode se tornar um problema para alguns usuários. Todos os anos, temos novos lançamentos e isso faz com que um aparelho se torne ultrapassado rapidamente.

Assim, é normal ver algum parente ou amigo reclamando de que não consegue atualizar o Instagram ou que o seu dispositivo roda aquele jogo online com constantes travamentos.

Porém, isso não é culpa do sistema operacional do seu celular, mas sim do hardware do seu celular.

Porém, isso não é culpa do sistema operacional, mas sim do hardware do seu celular.

Isso significa que celulares mais antigos podem não responder bem a atualizações mais recentes de aplicativos, além de consumirem muito mais memória, obrigando o usuário a utilizar memória extra ou a comprar um novo aparelho. Eis o preço a se pagar pela evolução!

Como o sistema operacional do seu celular influencia a segurança do aparelho?

 

Tudo o que você baixa é lido, analisado e executado pelo sistema do seu smartphone e isso pode ser um problema, sobretudo se você não souber exatamente a fonte das informações que baixa para o aparelho. E aí que entram os aplicativos próprios para proteger o seu celular: os famosos antivírus.

Alguns não abrem mão e outros nunca instalaram um no celular, mas é inegável que ter um programa especial para garantir a segurança do seu aparelho é essencial.

Uma forma de evitar problemas do tipo é baixar apenas apps nas lojas oficiais, como a Play Store (para Android) e App Store (para iOS)

Tudo o que passa por essas lojas é verificado pelas próprias empresas para garantir a segurança de seus usuários. Muita gente prefere buscar por outras fontes, normalmente para fazer downloads ilegais de programas que são pagos.

Em alguns casos, os usuários baixam versões mais antigas de algum aplicativo em sites pela internet, tudo para poder continuar usando algum programa que não roda mais no hardware de seu celular. Independente da finalidade, saiba que você corre riscos de um jeito ou de outro.

Sistemas operacionais para dispositivos mobile

 

Já entendemos como funciona, mas será que todos os sistemas operacionais trabalham do mesmo jeito?

Basicamente sim, afinal, o objetivo é o mesmo: fazer com que tudo funcione. Alguns sistemas são mais fáceis de serem desenvolvidos, outros oferecem mais funcionalidades e alguns servem apenas para teste.

Os dois tipos mais populares são o Android e o iOS, mas também existem outras opções no mercado que querem conquistar o grande público, como o Windows Phone. O Firefox OS mira nos aparelhos de baixo custo, já que ele é um sistema bem flexível que consegue se adaptar ao hardware.

De forma resumida, esses são os sistemas conhecidos:

  • Mac OS X: iPhone
  • Symbian
  • Android
  • BlackBerry: RIM
  • Windows Phone
  • Firefox OS
  • Palm webOS
  • MeeGo
  • Brew MP

Agora você já sabe para que serve o sistema operacional do seu celular é o cérebro do aparelho, comandando todas as funções que ele executa. Que compartilhar esse conhecimento com outras pessoas?

Garanto que muitos dos seus amigos e familiares também possuem a mesma dúvida, e não custa nada você enviar a eles o nosso artigo ou disponibilizar o link nas redes sociais.

Conhecimento nunca é demais, não é?